30.10.07

A propósito do vinho ...

"Deixai-me chorar mais e beber mais,

Perseguir doidamente os meus ideais,

E ter fé e sonhar - encher a alma."

Camilo Pessanha, in Caminho

monge

3 comentários:

bacão disse...

O Pessanha é cá dos "meus".
Infelizmente...

Sinto-me entorpecido
de olhos humedecidos
não pelo vinho!
Sonhos esquecidos
ideais diluidos
não pelo vinho!
A tristeza e a indiferença
a estupidez e o fascismo reinam
antes fosse pelo vinho!
Apetece-me chorar?
Porque não encharcar?
E daí me revoltar!!!

monge e eremita disse...

Ó meu amigo,
Que bela maneira de sentir!
E como eu te entendo!!!
Por ventura, o vinho pode entorpecer-nos mas não nos adormece os sentidos.
E ainda bem que te sentes vivo para perceberes sobriamente e de forma tão intensa tudo aquilo que te atormenta.
Chorar, encharcar e revoltar são óptimos para rimar.
Força para ti companheiro.

Lembrado abraço

monge

avelaneiraflorida disse...

Amigo Monge,

Um excerto excelente...
Adoro Camilo Pessanha!!!!
Foi bom reencontrá-lo aqui!

UMA BOA NOITE!!!!