8.12.07

Sexta-feira GRANDE

Ontem, foi assim ...

Programa (manhã)
- Sessão de abertura ... blá...blá...blá
- Apresentação da obra : "Património Imaterial do Douro: Narrações Orais" (Contos, Mitos e Lendas) Vol.I - Alexandre Parafita;
- Pausa para café (com produtos da terra ... divino);
- Palestra "Paisagem, Memória e Esquecimento" Joaquim Pais de Brito.
Magnifico - alguns resquícios:
" ... a paisagem resulta do nosso olhar, da nossa presença lá. A maneira como se olha é uma construção do olhar, dependente de nós e dela própria."
" ... a escrita cria imagens ... e temos de encontrar um cenário daquilo que estamos a ler"
" ... as memórias são construções sociais que organizam um conjunto de sinais e marcam um tempo enquanto narrativa, na qual existimos."
" ... às vezes os conflitos resolvem-se, esquecendo-os."
" ... os indivíduos precisam de marcar os lugares de que fazem parte."







Ala que se faz tarde

V Ciclo de Estudos de Miguel Torga:

"Contextualização sócio-económica da Região na obra de Miguel Torga, a evolução actual e a preparação para o contexto futuro"
Arquivo Distrital de Vila Real - 14:30

As comunicações apresentadas debruçaram-se somente sobre: "Cenários para 2030: Implicações para a região do Douro" e "Breves apontamentos sobre o Plano do Desenvolvimento Turístico do Vale do Douro" e "Breves apontamentos sobre o Plano do Desenvolvimento Turístico do vale do Douro".
Cenário pouco agradável. Neste ciclo faltou um dos comunicadores com "Torga e o Reino Maravilhoso - o abraço da Literatura a uma Economia em mudança". Talvez o que iria dizer alguma coisa sobre Torga.

Àrvore de Natal - discussão com o Pedro sobre se iamos armar ou montar a árvore de Natal. Decidimos que montar ficava melhor.

Pela noite ...




































Liberdade é um exercício difícil. Se houvesse possibilidade de salvar o mundo seria através da Poesia.

Miguel Torga.

basta uma porta de luz
para incendiar o poema
assim a urze do teu olhar
me entre na boca

António Cabral
monge

2 comentários:

avelaneiraflorida disse...

AH! O "meu" Torga...

E eu aqui tão longe!!!!!

BRIGADOS pela informação!!!!
Ao menos que possamos ter aqui um bocadinho desse acontecimento!!!

Um BOM DOMINGO!!!
Bjks, Amigo monge!

monge e eremita disse...

Pois é avelaneira,

isto por aqui, este ano, está fértil em manisfestações torguianas, se bem que deveriam ser constantes para (re)inventar constantemente este reino maravilhoso, tantas vezes esquecido e pouco estimado.

bom domingo para ti também

bj

monge